Governo federal autoriza concessão de três florestas na Amazônia para iniciativa privada
Foto: LuBasi/ Creative Commons

As unidades de conservação ambiental Humaitá, Iquiri e Castanho integram a nova lista de projetos do Programa de Parcerias de Investimento do governo federal. A medida foi anunciada nesta quarta-feira (19) e permite que as áreas florestais localizadas na região da Amazônia sejam concedidas à iniciativa privada. De acordo com a Folha de S. Paulo, essa é a primeira vez que florestas são incluídas na relação de projetos elencados pela União para parcerias com o setor privado.

 

Nas três áreas é permitida a exploração de madeira em parte dos territórios. O primeiro leilão acontece no quarto trimestre de 2020 e será limitado à reserva Humaitá. Já Iquiri e Castanho devem ficar para o segundo trimestre do próximo ano. Além das florestas, o governo incluiu terminais pesqueiros, arrendamentos portuários e rodovias federais no pacote de 22 novas iniciativas na carteira do programa.

Histórico de Conteúdo