Segunda, 17 de Fevereiro de 2020 - 13:42

Caso miliciano: secretário diz que escudos balísticos de cursos são usados em operação 

por Rodrigo Daniel Silva

Caso miliciano: secretário diz que escudos balísticos de cursos são usados em operação 
Foto: Carol Garcia/GOVBA

O secretário de Segurança Pública (SSP), Mauricio Barbosa, assegurou, nesta segunda-feira (17), que escudos balísticos de cursos são usados em operação policial.

 

Peritos ouvidos pelo jornal Correio disseram que ter encontrado um indício que, segundo eles, contradiz parte da versão apresentada pela PM para a morte do miliciano Adriano da Nóbrega, durante o cerco realizado pelo Bope na zona rural de Esplanada. 

 

Segundo eles, que falaram sob a condição de anonimato, o escudo balístico supostamente atingido por dois tiros efetuados pelo miliciano não integra o arsenal utilizado em operações da unidade, já que é do Curso de Operações Especiais (Copes).

 

"Quem é o policial que vai colocar sua vida em risco sabendo que aquele escudo não é um escudo balístico? Tem a mesma propriedade dos escudos que normalmente são usados. A depender da quantidade de equipes empregadas, todos os escudos são utilizados, inclusive, aqueles que servem para aulas que são ministradas pelo batalhão", declarou Barbosa, ao ser indagado pelo Bahia Notícias. 

 

Foto: Divulgação / SSP-BA

Histórico de Conteúdo