Entrega de fantasia será monitorada por equipes infiltradas da PM e Civil
Foto: Divulgação

A Operação Abadá foi lançada, na manhã desta quinta-feira (13), e segue até a terça-feira de Carnaval e vai contar com mais de 1.100 policiais fardados e infiltrados que farão a segurança dos foliões durante a entrega dos abadás para o Carnaval 2020. A operação visa o combate a furtos e roubos contra foliões.

 

Empregadas nos diferentes turnos em todos os pontos de retirada das fantasias, as equipes atuarão até terça-feira (25), último dia de folia, nas proximidades dos shoppings da Bahia, Salvador, Bela Vista, Paralela e Salvador Norte, além dos empresariais Iguatemi e Mundo Plaza, Jardim Brasil, na Barra, e Parque Atlântico (antigo Aeroclube). 

 

As atividades preventiva e ostensiva serão realizadas por cerca de mil integrantes de unidades especializadas, táticas e independentes da Polícia Militar. “Estaremos presentes também em pontos de circulação e nas vias de acesso como pontos de ônibus, coletivos, metrô, áreas de táxis e de usuários de outros transportes alternativos”, contou o comandante de Operações da PM, coronel Humberto Sturaro. 

 

Já a Polícia Civil vai empregar efetivo dos Departamentos de Polícia Metropolitana (Depom), de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) e de Polícia do Interior (Depin).

 

“Também vamos atuar com policiais infiltrados, que se passarão por clientes para observar e flagrar qualquer atividade suspeita durante a entrega das fantasias”, antecipou a diretora do Depom, delegada Fernanda Porfírio.

Histórico de Conteúdo