Domingo, 02 de Fevereiro de 2020 - 18:20

Tinoco despista, mas dá sinal de que Pablo Barrozo deve substituí-lo na Secult

por Lucas Arraz / Fernando Duarte

Tinoco despista, mas dá sinal de que Pablo Barrozo deve substituí-lo na Secult
Foto: Divulgação

O atual secretário de Cultura e Turismo de Salvador, Cláudio Tinoco, prefere não cravar quem deve substituí-lo no posto quando ele retornar à Câmara de Vereadores para tentar a reeleição. Porém não esconde que existe um indicativo: o subsecretário Pablo Barrozo pode herdar o posto.

 

“Indicativo há dentro de uma questão muito lógica, quando as pessoas me perguntam, evidente que eu já tenho um subsecretário que já está na posição. Mas essa decisão é de ACM Neto e ele não conversou com a gente ainda”, tangenciou Tinoco ao ser questionado sobre o tema na festa de Iemanjá. Ele pode permanecer na Secult até o começo de abril, quando a legislação eleitoral determina a desincompatibilização para candidatos ao Legislativo.

 

“Pablo tem todas as condições se quiser o prefeito de ser secretário para continuar o trabalho que desenvolvemos nos últimos três anos”, completou Tinoco.

Histórico de Conteúdo