Governo 'conta nos dedos' ministros que defendem Bolsonaro como Moro
Foto : Carolina Antunes / PR

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) não conta com o apoio da maioria de seus ministros nas batalhas que trava nas redes sociais. Essa avaliação foi feita pelo núcleo de governo mais próximo do capitão, que indica que os defensores podem ser contados nos dedos.

 

Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, quem se destaca na defesa é o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Antes, ele era considerado "ingrato".

 

No último domingo (6), por exemplo, o ex-juiz usou as redes sociais para criticar uma reportagem do jornal. A publicação contestada indicava que um depoimento dado à Polícia Federal (PF) sugere que os recursos do esquema de candidaturas laranjas do PSL em Minas Gerais podem ter abastecido a campanha do presidente por meio de caixa dois (saiba mais aqui).

Histórico de Conteúdo