Injusta Causa: Escritório diz que sócio alvo da operação é de inteira confiança
Foto: Divulgação

O escritório de advocacia Aurélio Pires alvo de buscas da Polícia Federal em suas instalações para apreender documentos de um dos seus atuais sócios o advogado João Gonçalves Franco Filho, que é alvo da operação injusta-causa (relembre aqui), acredita que o investigado apesar de não ser sócio do escritório na época "continua merecedor de inteira confiança".

 

Os representantes do escritório ressaltaram que tem respeito à instituição da Polícia Federal e salientaram que "embora se trate de investigações preliminares, se antecipam a declarar que nada tem a recear, até porque sempre agiram primados pela ética profissional", segundo nota enviada ao Bahia Notícias.

 

"Em face desse procedimento, o escritório coloca-se a disposição integral das autoridades para a necessária apuração e resolução dos fatos", conclui a manifestação.

Histórico de Conteúdo