Requalificação da orla de Stella Maris é discutida em audiência pública
Fotos: Bruno Concha/Secom

Moradores e lideranças de diversas associações e entidades de Salvador discutiram nesta terça-feira (10) o projeto de requalificação do trecho da orla entre as praias de Stella Maris, Praia do Flamengo e Ipitanga. O evento reuniu 125 pessoas.

O projeto, desenvolvido pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), foi apresentado pela arquiteta Nise Cartaxo, e terá três etapas. A primeira terá início na praia de Stella Maris.

Estavam na mesa diretora do evento presidente da FMLF, Tânia Scofield, do gerente de obras e projetos do Programa do Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) de Salvador, Alberto Azevedo Júnior, dos vereadores Marcos Mendes (Psol) e Aladilce Souza (PCdoB) e do arquiteto e urbanista Carl Von Hauenschild.

Ao todo, a obra terá investimento de R$ 41 milhões, e os recursos são próprios da Prodetur. A precisão é de que as intervenções durem 18 meses.

Histórico de Conteúdo