Porta-voz da Presidência deixará de ser parte da Secretaria de Comunicação
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Depois de meses de desencontros, o porta-voz da Presidência, Rêgo Barros, não ficará mais subordinado à Secretaria de Comunicação, sob gestão de Fábio Wajngarten, de acordo com o jornal Estadão. 

A separação, segundo interlocutores, teria sido de comum acordo. A ideia é que o general e sua equipe continuem na Secretaria de Governo, que também abriga a Secom, mas devem migrar para outra secretaria, como a executiva ou mesmo chefia de gabinete.

Histórico de Conteúdo