Sábado, 18 de Maio de 2019 - 13:00

Alden diz que Alberto Pimentel não tinha poder para tirar Talita da presidência do PSL Mulher 

por Mauricio Leiro / Rodrigo Daniel Silva

Alden diz que Alberto Pimentel não tinha poder para tirar Talita da presidência do PSL Mulher 
Foto: Mauricio Leiro / Bahia Notícias

O deputado estadual Capitão Alden (PSL) criticou, neste sábado (18), o fato de o secretário-geral do PSL na Bahia, Alberto Pimentel, destituir a parlamentar estadual Talita Oliveira da presidência do PSL Mulher. Para ele, Pimentel não teria este poder, já que não comanda a sigla no estado (veja aqui).

"Primeiramente, não deveria ser ele a tomar essa decisão. Não é o presidente do partido. Existe uma presidente (a deputada federal Dayane Pimentel – que é esposa do secretário). Se ela o deixar falar em nome dela, ela está deixando de fazer o seu papel como presidente", criticou Alden, em entrevista ao Bahia Notícias, durante o 3º Congresso do MBL-BA, em Salvador.

Alden condenou também o partido por "lavar roupa suja na imprensa". Na entrevista, ainda minimizou o texto compartilhado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) em seus grupos de WhatsApp, que afirmava que "o Brasil, fora desses conchavos, é ingovernável". "Ele compartilhou o texto, mas  não quer dizer que seja 100% as duas ideias e opiniões", atenuou. 

Histórico de Conteúdo