Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sábado, 11 de Maio de 2019 - 12:00

Visita de Timóteo a Dayane explicita afastamento de prefeito do PSD

por Fernando Duarte

Visita de Timóteo a Dayane explicita afastamento de prefeito do PSD
Foto: Reprodução / Redes Sociais

Não apenas no PSL a visita do prefeito de Teixeira de Freitas, Temóteo Brito, causou ruído (veja aqui). Dentro do PSD, partido ao qual ainda segue filiado, a aproximação do gestor com a deputada Dayane Pimentel, que preside o PSL na Bahia, comprova o afastamento do ex-deputado estadual do núcleo social-democrata. Em 2016, Teixeira de Freitas foi um dos municípios em que PSD e PT se enfrentaram "corpo a corpo", com o atual prefeito provocando a derrota do então candidato à reeleição, João Bosco (PT).

 

O gestor do município do extremo sul baiano está em processo de afastamento do PSD desde 2018, quando fez campanha para políticos de outras legendas para o Legislativo - o que teria causado, inclusive, a sensação de "traição" contra caciques social-democratas. O fato de Teixeira de Freitas ter sido uma das cinco cidades baianas que deram a vitória a Jair Bolsonaro, contra a indicação do PSD local, que marchava com apoio a Fernando Haddad, foi considerado um indício de que Temóteo teria feito "corpo mole" com as diretrizes traçadas pela legenda a qual está filiado.

 

Formalmente, no entanto, não existe indicações de que o prefeito deve deixar o PSD. No entanto, membros do partido citam o desconforto dessa relação aproximada entre Temóteo e Dayane, considerada o principal braço de Bolsonaro na Bahia.

Histórico de Conteúdo