Prefeitura lança portal de planejamento e gestão orçamentária
Foto: Divulgação

A Prefeitura deu mais um passo para modernizar o sistema de informação da gestão municipal com o lançamento do Portal do Gestor, nesta quinta-feira (14), no Palácio Thomé de Souza. Estiveram presentes na apresentação da ferramenta o prefeito ACM Neto; o vice-prefeito e secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Bruno Reis; e outras autoridades municipais.

 

Criada pela Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz), a ferramenta é de uso interno da administração e reúne e centraliza, de forma segura e prática, dados referentes à gestão orçamentária e financeira do município. Por meio do dispositivo, por exemplo, é possível visualizar os gastos, a aplicação de recursos, comparar despesas entre um ano e outro, acompanhar o balanço orçamentário e o desempenho fiscal de forma simples e rápida.

 

A plataforma está disponível para servidores que atuam na gestão financeira e orçamentária de Salvador e também poderá ser acessada por meio de aparelhos móveis como tablets e celulares. “Temos hoje uma das ferramentas mais modernas de planejamento e acompanhamento da execução orçamentária para a Prefeitura, com quadro completo das condições dos principais contratos de cada órgão”, disse o prefeito.

 

“Concedemos aos gestores todas as condições para eles organizarem melhor o trabalho, de terem uma visão plena de tudo o que está acontecendo na secretaria e, sobretudo, permitir o controle do gasto público e da produtividade da Prefeitura”, acrescentou ACM Neto.

 

Como funciona – Integrado ao Sigef, sistema de gestão da Prefeitura, o site está estruturado em seis módulos: custeio, contratos, balanço orçamentário, restos a pagar, fornecedores e prestação de contas de operação de crédito. A otimização de tempo será um dos principais benefícios da ferramenta.

 

Um exemplo dessa praticidade é que, hoje com o Sigef é possível fazer o acompanhamento financeiro de contratos firmados pela Prefeitura por ano. Com o Portal do Gestor, o servidor público vai poder acessar uma linha contínua da execução dos contratos, detalhar os tipos e fornecedores, verificar quanto foi empenhado no ano ou no contrato e até mesmo quando o contrato se encerra, informação que serve de alerta para dar início à renovação.

 

Dados que antes eram alcançados com análise de tabelas, cruzamentos de dados e construção de demonstrativos poderão, agora, ser acessados em questão de segundos. Cada secretaria terá acesso às informações referentes à sua pasta. Já as informações gerais de todos os órgãos serão disponibilizadas aos setores mais centrais, como o Gabinete do Prefeito, a Casa Civil e a Sefaz.

 

Além do ganho de tempo, a ferramenta proporcionará como benefícios a otimização de recursos, eficiência para tomada de decisões, mais segurança para a gestão, construção colaborativa e participativa e alinhamento estratégico. “O gestor terá acesso a uma ferramenta que vai ajudar a gerenciar a aplicação financeira e ajudar, efetivamente, a decidir aonde ele vai aplicar os recursos destinados à unidade onde atua. Ele saberá quais são os ofensores (o que mais pesa no orçamento) para tentar comprimir, manter ou elevar os gastos, a depender dos objetivos”, ressalta a coordenadora de contabilidade da Sefaz, Luciana Borges.

Histórico de Conteúdo