Quinta, 11 de Outubro de 2018 - 21:00

Rui veta conversas sobre secretarias e pede que aliados foquem no segundo turno

por Lucas Arraz

Rui veta conversas sobre secretarias e pede que aliados foquem no segundo turno
Foto: Max Haack / Ag Haack / Bahia Notícias

Tirando, ao lado da família, um curto período de férias da campanha que o reelegeu no último domingo (7), o governador Rui Costa (PT) tem pregado foco máximo na campanha de Fernando Haddad (PT) entre os aliados no estado. 

 

De acordo com interlocutores da campanha de Rui ouvidos pelo Bahia Notícias, apesar da pressão pós-eleição ouriçar os partidos a discutirem espaço na próxima gestão de Rui, o governador só tratará do assunto depois do segundo turno da eleição presidencial, marcado para o próximo dia 28. Até lá, a ordem é que todos foquem no projeto petista para o Planalto. 

 

O receio do governador é que a Bahia passe por 4 anos de boicote, caso Jair Bolsonaro (PSL) vença o pleito. “Os dois últimos anos de boicote [do governo Michel Temer] já foram difíceis, mais quatro seriam complicados”, falou um interlocutor. 

Histórico de Conteúdo