Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Decretos de Alckmin no governo de SP renderam R$ 3,8 milhões a familiares dele
Foto: Reprodução/ EBC

O candidato à presidência Geraldo Alckmin (PSDB) foi governador de São Paulo por quatro vezes, e durante os mandatos assinou dois decretos que levaram a desapropriações de terrenos envolvendo familiares dele. Os processos já renderam à família de Alckmin ao menos R$ 3,8 milhões, de acordo com informações do jornal Folha de São Paulo.

 

As medidas, editadas em 2013 e 2014, mencionam como proprietários Othon Cesar Ribeiro, sobrinho do presidenciável, e Juliana Fachada Cesar Ribeiro, atualmente ex-mulher e mãe dos quatro filhos do candidato, para a construção de uma polêmica rodovia em São Roque, a 70 km da capital paulista. Os decretos resultaram em ações judiciais de desapropriação.

 

De acordo com a Folha, Alckmin afirma ser descabido concluir que a iniciativa foi tomada "para beneficiar parentes".

Histórico de Conteúdo