Quinta, 12 de Julho de 2018 - 00:00

Após APLB, Sindseps diz que é provável decretar greve a partir da próxima segunda

por Guilherme Ferreira

Após APLB, Sindseps diz que é provável decretar greve a partir da próxima segunda
Foto: Reprodução / Google Street View

O Sindseps, sindicato que agrega o maior número de servidores da prefeitura, pode entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima semana. De acordo com o coordenador-geral da entidade, Bruno Carianha, é "provável" que a categoria aprove a paralisação em assembleia marcada para segunda-feira (16), seguindo o mesmo caminho dos professores da rede municipal, representados pela APLB-Sindicato.

 

"Existe sim", disse Carianha ao ser questionado sobre a possiblidade de greve na assembleia marcada para a próxima semana. "É provável fazer uma greve a partir de segunda", ressaltou. Mesmo que a greve seja aprovada pelos servidores nesta data, eles precisam respeitar o prazo de 72 horas para efetivamente interromper o trabalho.

 

Os professores da rede municipal aprovaram a greve da categoria em assembleia realizada na última quinta-feira (5) e paralisaram as atividades por tempo indeterminado a partir desta quarta (11) (veja mais). O coordenador-geral do Sindseps acredita que a greve dos professores pode ajudar a campanha salarial dos servidores como um todo.

 

"Nós inclusive estamos fazendo um ato conjunto com a APLB e com o sindicato dos médicos. Vamos fazer uma ação conjunta e vamos tentar fazer uma campanha salarial conjunta", declarou Carianha ao Bahia Notícias. Ele ainda criticou a gestão municipal pela falta de propostas apresentadas aos trabalhadores (veja mais). "A  Secretária de Gestão e a prefeitura mantêm o reajuste zero", reclamou.

Histórico de Conteúdo