Quarta, 23 de Maio de 2018 - 16:59

Rodoviários farão nova assembleia nesta quinta para discutir proposta de reajuste do TRT-BA

por Cláudia Cardozo / Ailma Teixeira

Rodoviários farão nova assembleia nesta quinta para discutir proposta de reajuste do TRT-BA
Foto: Lucas Arraz / Bahia Notícias

O Sindicato dos Rodoviários convocou a categoria para uma nova assembleia na manhã desta quinta-feira (24). A reunião deve acontecer às 9h, na quadra dos bancários, no Largo dos Aflitos. Eles vão discutir a proposta de reajuste salarial de 2,2%, apresentada pela vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-BA), a desembargadora Débora Machado. "Pelo que nosso jurídico está avaliando é muito difícil, mas a decisão é com a categoria, a gente tem que conversar com a categoria, submeter à categoria, essa não é a proposta que nós queríamos", ressaltou Hélio Ferreira, presidente do sindicato, em coletiva de imprensa. Inicialmente, o grupo pedia 6% de reajuste, depois diminuíram para 5% e, por último, para 3%. Já os empresários não ofereceram nada, sob o argumento de que com o desequilíbrio econômico, um aumento acarretaria em mais prejuízo. De acordo com o patronato, um reajuste poderia até provocar demissões (saiba mais aqui). Para Ferreira, no entanto, essa proposta ainda pode ser melhorada, evitando a continuidade da greve. Ele convocou a categoria a obedecer a decisão liminar de colocar parte da frota nas ruas, mas acrescentou que apenas os motoristas devem ir trabalhar. A recomendação é para que os ônibus circulem com catraca livre, ou seja, sem cobrar pagamento aos passageiros.

Histórico de Conteúdo