Autor de explosão que deixou feridos em NY é identificado e diz que cometeu ato por vingança
Foto: Reprodução/NY taxi commission

Quatro pessoas ficaram feridas após explosão (leia mais) ocorrida nesta segunda-feira (11) no principal terminal de ônibus de Nova York, que fica na região da Times Square. De acordo com a Agência Brasil, o ataque aconteceu em horário de pico e o responsável pela explosão foi identificado como Akayed Ullah, de 27 anos. Natural de Bangladesh, o jovem teria ficando com queimaduras graves nas mãos e abdômen, mas estava consciente no momento em que foi apreendido. Autoridades estariam tratando o caso como tentativa de atentado terrorista.  "O indivíduo não teve êxito no seu propósito", afirmou o prefeito da cidade, Bill de Blasio, durante coletiva. Informações extraoficiais indicam que o suspeito gritou a favor do Estado Islâmico e que teria realizado o ato como vingança por conta de supostos bombardeios em Bangladesh. "Ele fez uma declaração, mas não vamos dizer ainda o que disse", disse o chefe da polícia de Nova York, James O'Neill. Outras três vítimas estão sofrendo com dores de cabeça e nos ouvidos. No dia da explosão, o serviço de metrô, usado diariamente por seis milhões de pessoas, sofreu alterações. O presidente Donald Trump ainda não se pronunciou sobre o caso.

Histórico de Conteúdo