Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Meirelles diz que governo não definirá mais os preços da Petrobras
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, informou nesta sexta-feira (14) que o governo não deve mais interferir nos preços dos produtos vendidos pela Petrobras. O posicionamento foi dado após a estatal anunciou que vai reduzir os preços da gasolina e do diesel nas refinarias (leia mais aqui). "É uma decisão da Petrobras. O reajuste de gasolina e óleo diesel deixaram de ser definidos pelo Executivo, tendo em vista alguns objetivos de politica econômica. O importante agora é que a Petrobras fixa os seus preços", declarou Meirelles. O ministro defendeu, ainda, que a decisão da empresa vai ajudar a conter a inflação no país. Para Meirelles, a autonomia da estatal é uma característica do governo do presidente Michel Temer, que busca “respeitar a realidade”. "A Petrobras tem que seguir a sua política de uma empresa que tem responsabilidade com seus acionistas e com o país, no sentido de ser uma empresa viável, que cumpre suas obrigações, e está na exploração de petróleo e no refino na circunstância adequada", avaliou.


Histórico de Conteúdo