Ufba gasta R$ 8 mil com festa e provoca revolta entre estudantes
Foto: Divulgação
Organizadores do Bye Bye Semestre 6.0, festa estudantil que comemora o fim do semestre na Universidade Federal da Bahia (Ufba), receberam dinheiro do Ministério da Educação (MEC) para realizar o evento. De acordo com o Correio, números do Portal da Transparência apontam que oito alunos embolsaram, cada um, R$ 1 mil para aplicação na festa que aconteceu no dia 3 de junho e reuniu, segundo informações da União Nacional dos Estudantes (UNE), cerca de oito mil pessoas no Centro de Educação Física e Esportes (CEFE) da unidade, em Ondina. O site informa que o dinheiro veio da Pró-Reitoria de Ações Afirmativas e Assistência Estudantil (Proae), responsável pela concessão bolsas de auxílio moradia, transporte e também pela administração do restaurante universitário e da creche da Ufba. O caso foi denunciado por um estudante que questionou o custeio da festa por parte da instituição. “É uma festa de fim de semestre... Uma espécie de 'calourada'. Sem cunho cultural algum. Uma festa onde o grupo que organiza vende bebidas e lucra com a venda. Nada disso é revertido para a faculdade”, afirmou. No grupo da Ufba no Facebook, estudantes questionavam nesta quarta-feira (6) o fato de a universidade ter vivido recentemente problemas financeiros e, mesmo assim, ter liberado dinheiro para realização do evento. A assessoria da instituição ainda não se posicionou sobre o caso. Já o MEC afirmou que é responsabilidade da universidade definir onde irão empregados os recursos repassados. 

Histórico de Conteúdo