Vaticano escreve carta de apoio a livro infantil a favor de homossexuais
Foto: Reprodução / Blog Andrea Bordoni
O Papa Francisco escreveu uma carta de apoio à autora de um livro infantil que aborda as relações sexuais. Segundo o jornal britânico The Guardian, a atitude foi tomada após o livro “Piccolo Uovo” (Pequeno Ovo), escrito por Francesca Pardi, enfrentar resistência e proibições na Itália. A obra utiliza animais para tornar os relacionamentos homoafetivos e as novas famílias de forma mais didática. Há famílias de pinguins gays, de coelhas lésbicas e um hipopótamo fêmea que é mãe solteira, por exemplo. Há também histórias como o casamento de cães de diferentes raças. O prefeito de Veneza, o conservador Luigi Brugnaro, contudo, proibiu que o livro e impediu que ele fosse utilizado nas escolas. Como reação, outros 250 escritores italianos pediram que seus livros fossem retirados das listas escolares e Pardi enviou sua coleção ao Papa, pedindo apoio. "Temos respeito pelos católicos (...). Por que não podemos ter a hierarquia da igreja nos apoiando?", disse ela em carta. De acordo com o The Guardian, em resposta, um alto funcionário da Secretaria de Estado do Vaticano respondeu que “Sua Santidade está agradecida pelo gesto e pelos sentimentos que evocou, sempre esperando por uma atividade cada vez mais frutífera ao serviço das novas gerações e à propagação de valores humanos e cristãos genuínos".

Histórico de Conteúdo