Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Itália inspeciona presídios de Santa Catarina para julgar extradição de Pizzolato
Foto: Reprodução/ Agência Brasil
Representantes do governo italiano começam nesta quinta-feira (6) vistorias em unidades prisionais de Santa Catarina (SC) para só então julgar a extradição de Henrique Pizzolato. O ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil foi condenado por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro no processo do mensalão. De acordo com informações da coluna O Filtro, de Época, as inspeções serão feitas no Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí e na Penitenciária Regional de Curitibanos. Nos julgamentos da Itália sobre a extradição, a defesa de Pizzolato argumenta que o presídio da Papuda, em Brasília, é vulnerável. Em contraponto, o governo brasileiro afirma que a penitenciária está em condições de preservar os direitos do preso. Pizzolato segue preso na Itália, na Penitenciária de Modena, enquanto aguarda a decisão sobre a extradição ao Brasil para cumprir a pena do Supremo Tribunal Federal (STF). A extradição de Pizzolato está suspensa até dezembro, conforme informou a Justiça da Itália.

Histórico de Conteúdo