Integração com metrô fará com que ônibus metropolitanos não circulem mais em Salvador
Foto: Rodrigo Vieira / Ônibus Brasil
Os ônibus metropolitanos que circulam pelas ruas de Salvador devem ser extintos quando a linha 2 do Metrô de Salvador estiver em pleno funcionamento. De acordo com o secretário de Mobilidade da capital baiana, Fábio Mota, a decisão de retirar as 652 linhas foi tomada pela Agerba e bem recebida pela administração municipal. “Sem esses ônibus, a mobilidade na cidade deve melhorar. Consideramos a decisão acertada”, afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias, nesta terça-feira (22). Ainda de acordo com Mota, os ônibus que forem oriundos da BR-324 farão integração com o metrô na Estação Pirajá. Já os que vierem do Litoral Norte, farão a ligação com Estação Mussurunga.


Obras do Metrô na Estação Pirajá | Foto: Divulgação/ Sedur

Contatada pelo Bahia Notícias, a Agerba disse que, junto com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Sedur) e Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), faz a avaliação desta distribuição. “No tempo certo faremos essa segregação”, explicou o diretor da Agerba, Eduardo Pessôa, ao completar: “estamos estudando também os ônibus que vão para o Aquidabã. Estes devem fazer a integração com o metrô por lá”. Alvo de audiência entre o governador Rui Costa (PT) e o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM), o preço da integração ainda não foi decidido e, segundo Pessôa, deve sair até setembro – quando a CCR pretende entregar a unidade do metrô da Estação Pirajá. De acordo com o cronograma de obras da CCR, a linha 2 do metrô – que vai do Acesso Norte até o município de Lauro de Freitas – deve ficar pronta até 2017. O prazo para entrega do trecho da Estação Mussurunga não foi informado pela empresa.

Histórico de Conteúdo