Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cunha convoca claques de evangélicos para se anteciparem a protestos de ativistas LGBT
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil
Com o objetivo de evitar novos protestos de ativistas LGBT, o presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) vai convocar claques de evangélicos para suas viagens. Segundo o jornalista Lauro Jardim, a intenção é que o grupo de religiosos se antecipe às pessoas que o acusam de homofobia para abafar as manifestações. Em visitas recentes feitas às cidades de São Paulo e Porto Alegre, Cunha foi recebido sob protestos por ativistas do movimento LGBT, sendo vaiado e xingado pelos manifestantes. Ainda de acordo com Lauro Jardim, o próprio PMDB está preocupado com a possibilidade de ficar marcado como um partido homofóbico por conta do presidente da Câmara. Por isso, Moreira Franco (PMDB) levantou a discussão sobre formar um braço do partido voltado para as causas LGBT, da mesma forma que já existem grupos voltados para a defesa de negros, mulheres e sindicalistas.

Histórico de Conteúdo