Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Desemprego tem maior queda no Nordeste e entre mulheres, aponta Pnad
Foto:Marcello Casal/Arquivo/Agência Brasil
A taxa de desocupação na região nordeste teve a queda mais acentuada em relação a outras regiões, junto com a do norte. A análise é feita quando comparado o resultado do segundo trimestre de 2014 com o mesmo período do ano passado e com os primeiros três meses deste ano. Ambas as regiões tiveram redução de 0,5 ponto percentual em relação ao primeiro trimestre.  Em relação a 2013, a desocupação caiu 1,1 ponto percentual no Norte e 1,2 ponto percentual no Nordeste. A região nordestina, contudo, continua com a maior taxa de desocupação, com 8,8%. O Sul tem a menor taxa de desemprego, com 4,1%. A queda acentuada também foi observada na taxa de desocupação da ala feminina. Apesar de ainda terem o maior nível de desemprego, com 8,2% contra 5,8% dos homens, as mulheres recuaram 0,5 ponto percentual a taxa de desocupação, que antes era 8,7%. Já entre os homens, o recuo foi de 0,1%. O levantamento é com base dos dados da Pnad Contínua, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A pesquisa investiga 211.344 domicílios particulares permanentes em aproximadamente 16 mil setores censitários, distribuídos em aproximadamente 3,5 mil municípios. As informações são da Agência Brasil. 


Histórico de Conteúdo