Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Após 23 anos no Senado, PMDB-AP anuncia que Sarney não disputará reeleição
Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
O senador José Sarney não disputará a reeleição em outubro deste ano, anunciou o presidente do PMDB do Amapá, Gilvam Borges. De acordo com o dirigente, o ex-comandante da República o comunicou da decisão, por telefone, por volta das 16h desta segunda-feira (23). O cacique peemedebista esteve em Macapá pela manhã, onde participou da entrega de um conjunto habitacional do programa do governo federal Minha Casa, Minha Vida, ao lado da presidente Dilma Rousseff (PT), e confirmou participação na convenção estadual do partido, marcada para a próxima sexta (27). A assessoria do parlamentar já ratificou a desistência da candidatura. Sarney teve o seu primeiro mandato em 1954, como suplente na Câmara Federal e, desde então, já ocupou cadeiras de deputado, governador do Maranhão, presidente da República, em 1985, após a morte de Tancredo Neves, e senador ininterruptamente há 23 anos. Em 1990 ele mudou o domicílio eleitoral para concorrer ao Senado pelo Amapá, a fim de a filha, Roseana Sarney, ser eleita para o mesmo cargo pelo estado natal.

Histórico de Conteúdo