Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Lídice defende equiparação na distribuição de projetos em evento no Oeste baiano
Senadora participou de evento em Santa Maria da Vitória Foto: Divulgação
A senadora e pré-candidata ao governo do estado Lídice da Mata (PSB-BA) defendeu a equiparação na distribuição de projetos para o desenvolvimento do Oeste da Bahia, durante evento realizado neste sábado (24) na cidade de Santa Maria da Vitória, a 876km de Salvador. A socialista participou do painel “Qual o Oeste que queremos?”, que contou com a presença de lideranças da região e integrantes do seu partido, como os pré-candidatos a deputado federal, Domingos Leonelli, e estaduais Fabíola Mansur e Antonio Lisboa. Segundo a socialista, o Oeste do estado não pode conviver com a realidade de ter um polo desenvolvido e outro cercado de desigualdades sociais. “A população tem que romper as alianças com grupos conservadores, que impedem a execução de projetos estruturantes. É preciso fazer a integração do Oeste, com a distribuição das riquezas, além de trazer cursos condizentes com a realidade regional para as nossas universidades”, disse. A senadora ainda defendeu um novo modelo educacional para a zona rural, além da construção de um hospital que atenda os municípios da Bacia do Rio Corrente. “É inadmissível que as crianças tenham que acordar 4h da manhã para sair da zona rural e estudar na cidade. Temos que levar a escola até essas pessoas, para que elas tenham perspectivas e não sejam entregues ao tráfico de drogas e ao subemprego”. No encontro, Lídice ainda recebeu um documento com as sete principais reivindicações dos moradores locais, que inclui ações nas áreas da saúde, infraestrutura, educação e agricultura, além da revitalização do Rio São Francisco.


Histórico de Conteúdo