Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quarta, 14 de Maio de 2014 - 17:10

Conselho de Ética adia abertura de processo contra Argôlo para esta quinta

por Juliana Almirante

A reunião do Conselho de Ética da Câmara Federal destinada a abrir um processo contra o deputado Luiz Argôlo (SDD-BA), prevista para esta quarta-feira (14), foi remarcada para a quinta (15). Com o adiamento, o parlamentar, acusado de envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, acusado de liderar um esquema de propinas na Petrobras, ganha mais um dia para a possível renúncia ao cargo. A criação do procedimento para apurar o caso implicaria na inelegibilidade do congressista. De acordo com Félix Mendonça Júnior (PDT-BA), integrante do colegiado, o encontro foi postergado devido à realização da Marcha dos Prefeitos na Casa. A conferência do conselho ocorrerá a partir das 9h30. O pedido de abertura da investigação foi solicitado pelo PSOL, que alega quebra de decoro parlamentar. Argôlo já responde a outro processo na Corregedoria e tinha até esta quarta (14) para apresentar sua defesa. 

Histórico de Conteúdo