Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Reunião discute como coibir comércio ilegal de combustível em Candeias
Foto: Ascom / Prefeitura de Candeias
A prática de comércio ilegal de combustível no município de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador, foi discutida em um encontro que reuniu representantes de diversos órgãos nesta terça-feira (8). De acordo com a prefeitura municipal, diariamente, homens jovens ou de meia idade aproveitam horários de maior pico de tráfego da BA-522, quando caminhões-tanque passam com a velocidade reduzida, para apanhar restos de combustível que ficam nas tubulações. O material é vendido, dentro e fora da cidade, por vezes já adulterado ou com impurezas, por um custo mais baixo. O prefeito de Candeias, Sargento Francisco, sugeriu medidas de coibição conjuntas. A Polícia Militar deve apreender todo o combustível adquirido ilegalmente e a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social realizar um trabalho mais próximo aos infratores com a elaboração de diagnósticos sociais. Já a Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda deverá fazer um cadastramento profissional para que as pessoas suspeitas de cometer a infração possam ser encaminhadas ao mercado de trabalho. Nova reunião foi agendada, para o final do mês de abril, com representantes das distribuidoras e transportadoras. Na ocasião devem ser alinhadas as resoluções da primeira etapa às novas propostas que venham a ser apresentadas para que atitudes possam ser tomadas.

Histórico de Conteúdo