Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 14 de Março de 2014 - 10:40

Rui alfineta Nilo e crava PP: 'Do partido que tiver relevância nos critérios sairá o vice'

por Rodrigo Aguiar/ Evilásio Júnior

Rui alfineta Nilo e crava PP: 'Do partido que tiver relevância nos critérios sairá o vice'
Foto: Rodrigo Aguiar/ Bahia Notícias
Tal qual o governador Jaques Wagner, o pré-candidato à sucessão estadual Rui Costa (PT) não nominou a definição do seu parceiro de chapa nas eleições deste ano, mas deu ainda mais sinais de que só falta o anúncio oficial para que o PP seja confirmado no posto. Em entrevista ao Bahia Notícias, durante o evento de apoio do PTB à sua candidatura, nesta sexta-feira (14), o petista usou como parâmetro de escolha tanto a exigência de critérios pelo PDT quanto os dados apresentados ao BN pelo PP para cravar o modelo e alfinetar um dos postulantes ao cargo. "Até por sugestão do deputado Marcelo Nilo, que vinha reclamando e solicitando a definição de critérios claros e objetivos, o governador vai aplicar cinco, seis, sete, oito critérios objetivos e tomar a decisão. Os critérios são diversos: o tamanho do partido, quer dizer o número de cidades que o partido governa; o tamanho das prefeituras; o tamanho das cidades governadas por cada partido (sic); número de deputados estaduais, número de deputados federais, de senadores, tempo de televisão, enfim...", listou. Confrontado com a afirmativa de que o balanço apresentado favorecia os pepistas, Rui riu e sacramentou: "O partido que tiver relevância nesses critérios será o partido do qual sairá o vice". Vencedor em todos os quesitos colocados, o PP já indicou, conforme documentação da executiva nacional enviada ao BN, que o indicado é o deputado federal João Leão.

Histórico de Conteúdo