Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 14 de Fevereiro de 2014 - 20:40

Valério e sócio são condenados no mensalão tucano

O Ministério Público Federal de Belo Horizonte divulgou nota nesta sexta-feira (14) em que afirma que os empresários Marcos Valério e Rogério Tourinho foram condenados em uma ação relacionada ao mensalão mineiro ou tucano. Valério foi condenado por corrupção ativa e Tolentino por corrupção passiva. A pena de ambos é de 4 anos e 4 meses de prisão. Para a Justiça, ambos participaram do esquema de desvio de verbas para o financiamento da campanha de reeleição do ex-governador de Minas, Eduardo Azeredo (PSDB). O esquema no estado, segundo a Procuradoria Geral da República, envolveu uma empresa de publicidade de Marcos Valério, a SMP&B, obteve empréstimos no Banco Rural e repassou para a campanha de Azeredo. Além disso, três estatais teriam repassado mais de R$ 4,5 milhões a Valério a título de pagamento para patrocínio de eventos esportivos. No entanto, o custo do serviço foi de R$ 98,9 mil. Informações do G1.


Histórico de Conteúdo