ACM Neto diz que contrato do novo Aeroclube será assinado em janeiro
Prefeito promete investigar mau uso de transcons | Foto: Max Haack/Agecom
O prefeito ACM Neto afirmou ao jornal A Tarde que “não há mais impedimento nas considerações do Ministério Público” para a implantação do novo Aeroclube. A obra, segundo ele, será comandada pelo Grupo Jereissati e terá contrato assinado no início de janeiro. “Vai ser um grande centro de comércio, entretenimento e lazer na cidade. Vai ser climatizado. Vai ser um espaço fechado”, antecipou. De acordo com o gestor, o Aeroclube “terá uma estrutura moderníssima que vai agregar muito valor à orla de Salvador, com uma quantidade de vagas para estacionamento extraordinária”. “Nós vamos abrir uma pista na frente do Aeroclube. Vamos abrir o mar”, assegurou. Em janeiro, Neto também prevê iniciar um cronograma de debates para encaminhar até o fim do ano um novo Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) e Lei de Ordenamento do Uso e Ocupação do Solo (Louos) à Câmara de Vereadores. Em relação às suspeitas de irregularidades no uso de transcons, o gestor diz ter “sentimento de que houve mau uso”. “Não havia controle da prefeitura. Não se sabia a origem de todas as transcons e sobretudo não se tinha controle do estoque. Eu vou levar às últimas consequências. Vou saber se houve irregularidade, quando houve, como houve e, nesses casos, vou buscar o Ministério Público para que as responsabilidades sejam devidamente determinadas”, prometeu.

Histórico de Conteúdo