Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Orçamento: Relator acata R$ 640 milhões em emendas da Bancada Baiana
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O Estado da Bahia pode contar com R$ 640 milhões no somatório das emendas apresentadas pela bancada baiana ao Orçamento Geral de 2014. Os relatores setoriais e o relator-geral, deputado Miguel Correa (PT/MG), acataram 20 emendas apresentadas, sendo 19 de inclusão à peça orçamentária e uma de remanejamento. O relatório precisa ser apreciado na Comissão Mista de Orçamento (CMO) e votado no plenário do Congresso Nacional. Segundo o senador Walter Pinheiro (PT-BA), a emenda de remanejamento prevê apoio ao município de Lajedinho para obras de recuperação, após a tragédia que deixou um saldo de mortos, feridos e desabrigados, além de muita destruição no município, em função das fortes chuvas que atingiram a região. “A emenda no valor de R$ 10 milhões foi acatada, integralmente, e já consta do parecer final do relator”, explica Pinheiro. Uma emenda individual do senador Pinheiro relativa à área da Saúde foi também acatada integralmente. “É uma emenda de inclusão no valor de R$ 30 milhões para a estruturação de Unidades de Atenção Especial em Saúde. A proposta foi destinada para a aquisição de equipamentos, como os de imagem, para equipar e estruturar as instalações hospitalares no Estado”, explicou. Nessa área, também estão contempladas outras emendas, que perfazem mais de R$ 72 milhões, para manutenção e estruturação de unidades de atenção especializada em saúde, além da modernização do Parque Produtivo Industrial da Bahia Farma.

 


 
Quase R$ 260 milhões estão previstos para frentes na área de infraestrutura viária, entre elas: obras de adequação do Anel Rodoviário de Vitória da Conquista (BR-116); construção de trecho rodoviário na BR-020 nas divisas da Bahia com os estados de Goiás (Correntina) e Piauí; além de construção de trecho rodoviário na BR-030 – Porto de Campinhos, no município de Cocos, na divisa com Goiás. Na área de educação, as instituições federais contarão com R$ 29 milhões para pesquisa e desenvolvimento, com implantação de rede de fibra ótica, integrando-as à Rede Nacional de Ensino e Pesquisa. Outra emenda de mais de R$ 19 milhões atenderá as Universidades Estaduais na aquisição de equipamentos, e outra de R$ 10 milhões para fomento a projetos institucionais de Ciência e Tecnologia, com aquisição de equipamentos e material permanente para o Senai de Camaçari. Para projetos de infraestrutura urbana, turística e de mobilidade da capital baiana e sua Região Metropolitana, foram anotados recursos da ordem de R$ 110,2 milhões.


Histórico de Conteúdo