Vereadora pede ao MP apuração de irregularidades em UPA de Itinga
Foto: Divulgação
A titular da 5ª Promotoria de Justiça de Proteção ao Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa da Comarca de Lauro de Freitas, Patrícia Peixoto Mattos, recebeu ofício da presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores do município, Mirela Macedo (PSD), com pedido de apuração das irregularidades encontradas na Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA) de Itinga. O documento informa à promotora sobre o ofício nª 04/2013, encaminhado no final de novembro passado pela vereadora ao prefeito Márcio Paiva (PP) e ao secretário de Saúde da cidade, Bruno Barreto, com solicitação de uma cópia do inteiro teor do processo de sindicância que investiga o caso. Com entrega prevista para fevereiro deste ano, o prédio da unidade foi construído pela gestão da ex-prefeita Moema Gramacho (PT), mas continua fechado. Além de apresentar infiltrações nas paredes, vândalos furtaram pias e pedras de granito, portas e janelas, vasos sanitários e torneiras. "Tivemos que provocar o Ministério Público para intervir nessa situação, nesse descaso com o dinheiro público, nessa falta de respeito com a saúde pública e, sobretudo, com as pessoas que ainda precisam de uma assistência médica minimamente digna", reclama Mirela. A ex-prefeita de Lauro de Freitas justificou o atraso da entrega devido a um serviço de contenção de encosta não previsto no projeto inicial da UPA. 

Histórico de Conteúdo