Quarta, 20 de Novembro de 2013 - 16:10

Guardas municipais querem liberação total de porte de armas

Não satisfeito com a resolução da prefeitura que permite o uso de armas de fogo a 70 agentes da Guarda Municipal de Salvador a partir de janeiro de 2014, o Sindicato dos Servidores Municipais da Prefeitura de Salvador (Sindseps) emitiu comunicado, nesta quarta-feira (20), para cobrar a liberação do porte de revólveres para todos os seguranças do patrimônio. De acordo com a entidade, os policiais frequentemente são alvos de atentados durante o desempenho de suas funções e a medida, de forma efetiva, “garantiria a segurança” dos profissionais. “Já nos reunimos diversas vezes com a gestão municipal e não aceitamos perder mais colegas para conseguirmos os nossos equipamentos de proteção e a liberação do uso de armas. Todos os dias enfrentamos os perigos de estar nas ruas como autoridades da segurança pública, mas sem qualquer tipo de estrutura”, reclamou o guarda municipal e diretor do Sindseps, Bruno Carianha. 

Histórico de Conteúdo