A obra da via expressa que promete ligar a Avenida Paralela ao Barradão pode nem sair do papel, caso o projeto não seja licitado logo. Caso isso aconteça, a verba de quase R$ 5 milhões destinada pelo Ministério do Turismo para a  primeira parte da intervenção retorna para os cofres da União. A obra está orçada em R$15 milhões e os recursos foram concedidos em 14 de dezembro de 2012, quando a cópia do empenho da verba foi entregue por Fábio Mota Secretário Nacional de Turismo  ao vice-presidente do Vitória, Carlos Falcão. De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo do Vitória e deputado federal (PR) José Rocha, "o projeto se encontra na Conder e já foi enviado para a Caixa para que seja analisado e aí a Conder possa licitar". Com informações da CBN.

Histórico de Conteúdo