Sexta, 25 de Outubro de 2013 - 13:40

Dilma retoma reforma agrária e desapropria oito fazendas

Dilma retoma reforma agrária e desapropria oito fazendas
Foto: Reprodução
A presidente Dilma Rousseff, acusada até por aliados de fazer "os piores anos para a reforma agrária no Brasil” (veja aqui), autorizou nesta sexta-feira (25) a desapropriação de imóveis rurais para fins de reforma agrária em seis Estados brasileiros. Ao todo, oito fazendas em seis Estados. Bahia e Sergipe lideraram o ranking com dois loteamentos cada. Goiás, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins tiveram um terreno desapropriado. As informações foram publicadas na edição desta sexta do "Diário Oficial" da União. A medida faz parte de um compromisso do governo de desapropriar cem fazendas para essa função até o fim do ano. O anúncio foi feito, na semana passada, durante o lançamento do plano Brasil Agroecológico, em Brasília, a uma plateia de representantes de movimentos sociais ligados à terra (veja aqui). Segundo a Folha, trata-se da primeira medida efetiva de ampliação da reforma agrária desde a mudança no modelo, no início do ano. Antes, para desapropriar uma fazenda, a Presidência precisava ter somente um laudo que demonstrasse que o local era improdutivo.

Histórico de Conteúdo