Novos hábitos e atividade física estimulam cérebro e fazem bem à memória, orientam especialistas
Foto: Reprodução
Como ao longo da vida o cérebro perde neurônios, é importante que ele seja estimulado no dia-a-dia. Assim, o órgão recupera parte da perda e cria mais conexões entre neurônios, fundamental no caso de idosos que sofrem com problemas de memória. Clique aqui e saiba mais sobre o assunto na Coluna Saúde.

Histórico de Conteúdo