Com aumento de ICMS, bebida alcoólica ficará mais cara em 2014
Com o aumento da cobrança de ICMS sobre bebidas alcoólicas de 17% para 27%, aprovado esta semana na Assembleia Legislativa da Bahia, o produto ficará mais caro a partir de janeiro de 2014, afirmou o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-BA), Luiz Henrique Amaral. “Não posso precisar quanto será repassado para o consumidor. Hoje, vivemos uma equação perigosa: o serviço é caro para o cliente e a arrecadação é baixa para o proprietário. Isso não é bom porque compromete o investimento no setor”, declarou Amaral, em entrevista à rádio CBN. A elevação no porcentual do ICMS terá impacto médio de R$ 0,26 por garrafa de 600 ml, de acordo com  cálculos da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz).

Histórico de Conteúdo