Quarta, 09 de Outubro de 2013 - 15:45

Projeto de isenção do ISS do metrô tem apoio de 20 vereadores

por Rodrigo Aguiar/ Evilásio Júnior

Projeto de isenção do ISS do metrô tem apoio de 20 vereadores
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
Com 39 vereadores em plenário, no início da sessão, o projeto que pretende conceder isenção de 2% ao consórcio que responsável pela construção o metrô de Salvador – tanto nas obras quanto na operação – pode ser votado ainda nesta quarta-feira (9). A matéria foi aprovada pela manhã por duas comissões temáticas (Constituição e Justiça e Orçamento e Finanças), mas precisa receber também o aval do colegiado de Transportes antes de seguir ao plenário. Até o momento, 21 edis declararam publicamente o apoio à proposta: todos do PT (7); DEM (4); PCdoB (2); PSB (2) e PSL (2), além de Joceval Rodrigues (PPS), Geraldo Júnior (SDD), Euvaldo Jorge (PP) e Duda Sanches (PSD). São necessários 29 votos favoráveis para que o texto seja aprovado. Contrário à medida, Hilton Coelho (PSOL) chamou à atenção de que as companhias Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez, que integram o grupo CCR, vencedor da licitação do modal, são as mesmas responsáveis pela interminável Linha 1, iniciada há 13 anos, e classificou a isenção como "conivência aos malfeitos"."Quem é contra a isenção quer que o trabalhador continue com o péssimo transporte. Não existe receita de ISS para o metrô. Esta sendo criada agora. Nós da esquerda somos a favor da isenção", rebateu o líder da oposição, Gilmar Santiago (PT). Neste momento, 12 vereadores estão reunidos para discutir a questão.

Histórico de Conteúdo