Durante os protestos realizados nesta terça-feira (17) em São Paulo, alguns manifestantes depredaram carros de emissoras que cobrem os protestos na cidade. Um carro da Rede Record foi totalmente destruído pelo fogo, após ser incendiado. Jornalistas da emissora teriam sido apedrejados pelos revoltosos. Em nota enviada à imprensa, a Rede Record informou que todos os profissionais que trabalhavam na transmissão ao vivo das manifestações na capital paulista escaparam ilesos do incêndio no caminhão usado para a captação de imagens. “A grande maioria dos manifestantes já tinha deixado o local em passeata. Por isso, a Record tem a certeza de que foi atacada por uma minoria de vândalos”, afirmou. O grupo atacou o veículo da emissora com pedras e depois colocou fogo nos equipamentos. “A Record reafirma o seu compromisso de transmitir com fidelidade o protesto pacífico de milhares de pessoas nas ruas brasileiras e lamenta apenas que pequenos grupos tentem impor as suas ideias pela violência”, condenou.

Histórico de Conteúdo