Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Geral

Notícia

MP exige que governo do DF devolva R$ 2,8 mi em gastos com ingressos para jogo Brasil e Japão

MP exige que governo do DF devolva R$ 2,8 mi em gastos com ingressos para jogo Brasil e Japão
Regalia foi bancada com dinheiro público |Foto: Divulgação
O Ministério Público do Distrito Federal (MP-DF) enviou ofício ao governo do DF solicitando a devolução aos cofres públicos de R$ 2,8 milhões gastos em ingressos e camarotes para a abertura da Copa das Confederações, no último dia 15 em Brasília, no estádio Mané Garrincha, quando o Brasil derrotou o Japão por três a zero. Para o MP-DF, "a distribuição de ingressos para personalidades da Capital configura a utilização de cargo público para autopromoção, o que viola o princípio da impessoalidade da administração pública". O governo do DF havia comprado os camarotes em fevereiro deste ano. Na ocasião, a administração recusou-se a explicar para quem eram as entradas. Na segunda (17), a Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social do MP-DF solicitou informações ao governo sobre como e quando será feita a devolução do dinheiro. O governador do DF, Agnelo Queiroz (PT), o secretário extraordinário da Copa, Cláudio Monteiro, e o presidente da Terracap (Companhia Imobiliária de Brasília), Antônio Carlos Lins, têm o prazo de 48 horas para responder o ofício. De acordo com o MP, a ausência da devolução do valor ao erário poderá ser caracterizada como ato de improbidade administrativa.