Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Política

Notícia

Pinheiro se mostra preocupado com antecipação de 2014: ‘Vai começar a segregar'

Por Juliana Almirante

Pinheiro se mostra preocupado com antecipação de 2014: ‘Vai começar a segregar'
Foto: Divulgação
Mesmo entre os nomes citados para a sucessão ao governo do Estado, o senador Walter Pinheiro (PT) criticou, em entrevista ao programa Bahia Notícias no Ar, da Rede Tudo FM 102,5, os debates que já se delineiam acerca da candidatura apoiada pelo governador Jaques Wagner. “O grande erro é a antecipação. Se a gente começa a antecipar, a gente traz para o ano de gestão a congestão”, definiu, em conversa com o jornalista Samuel Celestino. “O ano fica contaminado com a eleição. O PT quer dizer que nós pleiteamos que se processe um nome do PT. É lícito isso? É, mas o partido não pode desconsiderar que Wagner é líder do processo, mas tem outros partidos. Tem uma liderança natural. Os partidos vão ter que tomar posição. O meu partido tem que fazer seu debate e levar para o governador o projeto. Se a gente continuar, vai começar a desagregar”, completou o senador. Ele acredita que alguns excessos já foram cometidos com a antecipação da discussão. Sem citar nomes, o parlamentar faz um alerta: “Compete aos partidos uma postura condizente nesse encaminhamento. É importante que as posições dos partidos não contaminem a gestão e não ultrapassem os limites”. O senador petista acredita que o momento é de, em vez de “empurrar”, “agregar ao máximo, para o projeto seguir de forma consistente”.