Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Geral

Notícia

Só com abertura da Copa das Confederações, governo do DF gastará R$ 5 milhões

Só com abertura da Copa das Confederações, governo do DF gastará R$ 5 milhões
Abertura terá show da banda baiana Asa de Águia |Foto: Divulgação
O governo do Distrito Federal vai torrar R$ 5 milhões para realizar a festa de abertura do jogo entre Brasil e Japão pela Copa das Confederações, no próximo sábado (15). Brasília sediará apenas uma partida do evento esportivo. O estádio Mané Garrincha é o mais caro, ao lado do Maracanã, e consumiu R$ 1,2 bilhão. De acordo com reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a festa acontecerá na Esplanada dos Ministérios, área central da capital federal e próxima à praça esportiva. Os shows começam às 13h, antes da partida, e terá apresentação do cantor sertanejo Gusttavo Lima e a banda baiana Asa de Águia, ambos com cachês de 250 mil pagos com dinheiro público. O grupo de pagode Revelação também se apresenta e cobrou R$ 167 mil. Além das atrações musicais, oito telões de alta definição exibirão o jogo. O custo total do evento, segundo o governador Agnelo Queiroz (PT), é de R$ 5 milhões. "Faremos a maior e melhor abertura da história da Copa das Confederações", disse. Brasília, que não tem tradição no futebol, disputou a abertura do Mundial de 2014 com o Morumbi. A capital do país ficou com a inauguração da Copa das Confederações e a abertura da Copa do Mundo acabou indo para o Itaquerão.