Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Política

Notícia

Deputado denuncia situação 'grave' na emergência do Clériston Andrade ao Ministério da Saúde

Deputado denuncia situação 'grave' na emergência do Clériston Andrade ao Ministério da Saúde
Foto: Tiago Melo / Bahia Notícias
O risco de morte que pacientes têm corrido na "sala vermelha" da emergência do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, é considerada uma “situação gravíssima” pelo deputado federal e médico Colbert Martins Filho (PMDB), que formalizou uma denúncia nos ministérios Público Federal (MPF) e da Saúde. O parlamentar se baseou no documento em que médicos da unidade ameaçam deixar o hospital se os problemas no atendimento continuarem. “Em uma entrevista da presidente Dilma, ela disse que o Brasil está em desenvolvimento e que tem muitos recursos. Pois bem, se isto é fato, acredito que não há dificuldade em alocar recursos no HGCA e em todos os hospitais sucateados do SUS”, argumenta o parlamentar nos ofícios enviados ao ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e ao MPF. Colbert Martins Filho também anexou aos ofícios o documento encaminhado pelos médicos à Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), que traz denúncias sobre a carência de pessoal, falta de equipamentos e deficiência na manutenção dos existentes. Os médicos deram um  prazo que acaba no final deste mês para a solução dos problemas, sob pena de todos pedirem demissão. A sala vermelha é destinada à recepção de pacientes graves na emergência, enquanto não há vagas na UTI.