Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Geral

Notícia

César Borges nega 'falta de tinta' em caneta ministerial

O ministro dos Transportes, César Borges, negou nesta segunda-feira (27) que tenha feito queixas sobre uma possível falta de tinta em sua caneta, à frente da pasta. Segundo a coluna Holofote, da Revista Veja, assinada pelo jornalista Otávio Cabral, em uma conversa com um amigo na última semana, Borges teria reclamado da dificuldade de agendar uma audiência com a presidente Dilma Rousseff (PT) e da demora da Casa Civil em autorizar a contratação de novos assessores. De acordo com a publicação, a equipe do gabinete é quase a mesma da época do ex-ministro Paulo Sérgio Passos, seu antecessor. “O ministro dos Transportes, César Borges, esclarece que não procede a informação de que teria reclamado de falta de poder no cargo. Nunca solicitou audiência com a presidenta Dilma Rousseff. Quanto à contratação de assessores, não há dificuldade com a Casa Civil, uma vez que ainda avalia a necessidade de substituições na Pasta. Por fim, nunca cogitou ser candidato a deputado federal”, informou a sua assessoria, em nota enviada à imprensa.