Jovens presas com carro roubado são reconhecidas como autoras de crimes
Foto: Reprodução
As jovens Sendy Gabrielli Gomes, de 27 anos, e Débora Ruth Carvalho de Menezes, 19, presas, na noite de terça-feira (10) em uma blitz  no Vale do Ogunjá ao dirigir um carro roubado, foram reconhecidas como autoras de diversos crimes. Segundo o chefe do Serviço de Inteligência da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), Getúlio Barbosa, as denúncias colocam as jovens como suspeitas de roubo de veículos na região de Brotas, saidinhas bancárias, assaltos a turistas na Ilha de Itaparica, além de transporte de armas e drogas para traficantes. "Foram mais de cem ligações. Elas transportariam drogas de Brotas para Cosme de Farias, Fonte do Capim e Dias D’Ávila”, enumerou o policial. As garotas também são acusadas de roubar homens, atraídos para programa sexual. “As informações são de que elas frequentavam a barraca Terapia, no Imbuí, e levavam as vítimas para lugares mais afastados”, relatou. Elas foram autuadas por receptação e adulteração de sinal identificador de veículo e estão detidas na Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca). Informações do Correio.

Histórico de Conteúdo