Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

TCM multa ex-presidente da Câmara de Salvador por excesso de cargos comissionados
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O Tribunal de Contas dos Municípios multou nesta terça-feira (26) o ex-presidente da Câmara de Salvador, Alan Sanches (PSD), atualmente deputado estadual, após constatar a existência, em 2010, de 804 funcionários em cargos comissionados na Casa. Relator da matéria, o conselheiro Paolo Marconi apontou que, dos 927 servidores do Legislativo soteropolitano, somente 193 são efetivos. Logo, 804 trabalhadores (o que representa 80,64% dos funcionários da Câmara) são comissionados, ou seja, contratados sem concurso público. Além de determinar multa de R$ 1,5 mil, o TCM pediu informações ao atual presidente da Casa, Paulo Câmara (PSDB), com o objetivo de regularizar a situação. O excesso de cargos comissionados foi detectado por meio de uma investigação realizada por técnicos da Inspetoria Regional de Controle Externo do tribunal, após um termo de ocorrência encaminhado à Corte. Informações do jornal A Tarde.

Histórico de Conteúdo