Itacaré: Biólogos são submetidos a tortura durante assalto em trilha
Dezessete biólogos foram assaltados por três bandidos |Foto: Divulgação
Um grupo de biólogos formado por brasileiros e estrangeiros viveu momentos de terror, neste sábado (16), quando percorria a trilha entre as praias da Ribeira e Prainha, em Itacaré, no sul baiano. De acordo com reportagem do Jornal Bahia On Line, os 17 biólogos foram submetidos a sessões de tortura, obrigados a participar de uma ação conhecida como “roleta russa”. O crime foi praticado por três bandidos, que estavam armados com revólveres calibre 38. Os criminosos roubaram documentos, dinheiro e equipamentos. O grupo tentou prestar queixa na delegacia da cidade, mas não havia delegado na unidade policial. Ainda segundo reportagem, a crescente onda de violência em um dos destinos mais procurados da Bahia tem afastado turistas e provocado dúvidas em empresários e moradores de Itacaré. Na próxima terça-feira (19), empresários, estudantes, políticos e residentes sairão às ruas para protestar contra o crescimento da violência e cobrará mais segurança às autoridades responsáveis. No mesmo dia, uma sessão especial na Câmara de Vereadores discutirá possíveis soluções para o atual problema no município. Autoridades municipais e do Estado, além dos comandos regionais das Polícias Civil e Militar foram convidados para o evento. O Conselho Comunitário de Segurança de Itacaré estima que os índices de criminalidade tenham mais que dobrado nos últimos seis meses, principalmente as estatísticas de homicídio e assaltos.


Histórico de Conteúdo