Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Terça, 12 de Março de 2013 - 15:00

Ao tentar elogiar Maracajá, Paulo Magalhães chama JH de 'prefeito que mais roubou'

por Evilásio Júnior

Ao tentar elogiar Maracajá, Paulo Magalhães chama JH de 'prefeito que mais roubou'
Foto: Agência Câmara
O deputado baiano Paulo Magalhães (PSD) se excedeu, na sessão desta terça-feira (12), na Câmara Federal, e, na tentativa de elogiar a reeleição do presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Paulo Maracajá, acabou por chamar o ex-prefeito de Salvador, João Henrique (PP), de "ladrão". Em plena tribuna, diante de todos os parlamentares e da imprensa, o parlamentar elogiou a rigidez da mesa diretora do TCM ao julgar os exercícios dos prefeitos baianos e vociferou um exemplo. "João Henrique se notabilizou como o prefeito que mais roubou à frente da prefeitura, que mais usurpou o dinheiro público, que mais desrespeitou o erário público. Entrou na história de Salvador como o prefeito que mais usurpou dinheiro público", atirou. Em relação à apreciação das prestações de JH em 2012, prevista para esta quarta (13), Magalhães não só disse acreditar em mais uma rejeição como opinou que ele "vai ter que devolver tudo o que roubou do erário público". O TCM já desaprovou as contas de João em 2009, 2010 e 2011. Agora, concorre ao tetra. Em tempo: o deputado contatou o Bahia Notícias para reclamar de a nota ter dito que ele se "excedeu" e emendou: "quem se excedeu foi João Henrique... no roubo".

Histórico de Conteúdo