Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Eleição de Marcos Feliciano como presidente da Comissão de Direitos Humanos gera protestos
Fabio Pozzebom/Agência Brasil
Em uma reunião a portas fechadas na manhã desta quinta-feira (7), o deputado da bancada evangélica Pastor Marcos Feliciano (PSC-SP), foi eleito o novo presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados. Ele recebeu 11 votos dos 12 parlamentares presentes. Feliciano é acusado de homofobia e racismo por defensores dos direitos dos negros e homossexuais. Saiba mais sobre as críticas que o parlamentar sofreu na Coluna Justiça!

Histórico de Conteúdo