Quarta, 20 de Fevereiro de 2013 - 00:00

Suspensas audições do caso New Hit; audiências foram remarcadas para setembro

por Francis Juliano

Suspensas audições do caso New Hit; audiências foram remarcadas para setembro
Foto Francis Juliano / BN
As audiências de instrução do julgamento do caso New Hit foram suspensas por volta de 21h30 desta terça-feira (19) no Fórum Edgard Mendes de Quintela, em Ruy Barbosa, na Chapada Diamantina baiana. Com a justificativa de que testemunhas de defesa não teriam sido encontradas, os advogados dos réus fizeram a solicitação de adiamento, que foi acatada pela juíza Márcia Simões. Na mesma noite, a magistrada definiu as novas datas para o interrogatório que irão acontecer na mesma cidade. “Como tenho outras audiências marcadas até o final de agosto, eu só tenho condições de marcar com eles nos dias 3, 4 e 5 de setembro”, informou a juíza ao Bahia Notícias. Outras 37 testemunhas serão ouvidas por carta precatória por conta de não residirem em Ruy Barbosa. Dos depoimentos, alguns já foram agendados para maio e junho próximos. Na mesma terça, ocorreu também o testemunho da outra adolescente vitimada, a mais velha, de 17 anos, que durou cerca de quatro horas. Foram ouvidas também as testemunhas de defesa Marineide Coimbra, técnica de enfermagem, e a estudante Genúsia Santos Brito. Na manhã desta quarta (20), os nove integrantes da banda e o policial acusado de conivência com o suposto estupro, e que fazia a segurança da banda, voltam ao fórum para fazer a coleta de células bucais para o exame de DNA que pode confirmar a presença de material genético deles nas roupas das vítimas.

Histórico de Conteúdo